Rita Cortez é homenageada na Faculdade Nacional de Direito

Rita Cortez é homenageada na Faculdade Nacional de Direito

A advogada da AJS e presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Rita Cortez, e o membro do Conselho Superior do IAB Humberto Jansen foram agraciados com a Comenda de Resistência Cidadã, concedida nesta segunda-feira (12/11), no Rio de Janeiro, pela Associação dos Antigos Alunos de Direito da UFRJ (Alumni/FND) e a Fundação Oscar Araripe. Na solenidade, realizada no Salão Nobre da Faculdade Nacional de Direito (FND), 52 pessoas foram homenageadas, entre as quais os presidentes do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) e da Comissão de Filosofia do Direito do IAB, desembargador André Fontes, e do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), Milton Fernandes de Souza. Rita Cortez recebeu a comenda pelas mãos do presidente da Alumni/FND, Paulo Horn. “A FND e o Caco têm uma longa historia de resistência ao arbítrio”, afirmou Rita Cortez, ao receber a medalha.

Rita Cortez, que integrou a mesa de honra, disse também que “os homenageados, de igual forma, têm uma história de lutas pelas liberdades democráticas, pois em suas trajetórias deram muitas contribuições para o progresso social e cultural do Brasil”. A advogada da AJS falou, ainda, da “gratidão e emoção por ter sido lembrada, juntamente com Humberto Jansen, pela Alumni, presidida por Paulo Horn, consócio do IAB”. Humberto Jansen, que preparou um longo discurso, mas não pôde lê-lo, em razão do elevado número de agraciados, classificou a homenagem como “um ato de luta dos alunos da FND contra as ditaduras passadas e as que possam vir a surgir”.

Humberto Jansen e Rita Cortez

A escolha de 12 de novembro para a realização da solenidade se deve ao fato de que, nesse dia, comemoram-se os aniversários de nascimento de Tiradentes (271 anos) e de fundação da FND (127 anos), do Centro Acadêmico Cândido de Oliveira (Caco) (102 anos), da Alumni/FND (17 anos) e da Fundação Oscar Araripe (11 anos).

Foram prestadas homenagens póstumas a 18 destacados antigos alunos, entre os quais Affonso Arinos de Mello Franco, Afrânio Peixoto, Bertha Lutz, Celso Furtado, Félix Pacheco e Mário Lago, como também à vereadora Marielle Franco e ao seu motorista Anderson Gomes, brutalmente assassinados.

 

Fonte: IAB


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *