ACAT-RJ vai homenagear o Ministro Arnaldo Sussekind, um dos criadores da CLT no governo de Getúlio Vargas

Acaba de ser cremado, hoje à tarde, no cemitério do Caju, no Rio de Janeiro, o corpo do ex-Ministro Arnaldo Sussekind, um dos grandes juristas brasileiros, reconhecido por sua imensa contribuição para o engrandecimento do Direito e especialmente para o Direito do Trabalho.

O Ministro Arnaldo Sussekind completou exatos 95 anos no dia de seu falecimento, ontem, dia 09 de Julho de 2012. Ele faleceu por insuficiência respiratória, seguida de parada cardiorrespiratória. Seu corpo foi velado na sede do TRT-RJ e seguiu para a cremação no cemitério do Caju.

Süssekind era um dos doutrinadores mais admirados pelos ministros do TST, citado o maior número de vezes, no ano passado, pelos ministros que compunham a corte trabalhista segundo pesquisa  realizada pelo portal CONJUR. Foi o único remanescente da comissão encarregada da elaborar a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), durante o governo de Getúlio Vargas. Fez parte desta comissão com apenas 24 anos de idade. Atualmente, ainda trabalhava. Era consultor jurídico da Vale do Rio Doce e era conselheiro da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro.

A ACAT-RJ (Associação Carioca dos Advogados Trabalhistas), da qual era membro, vai homenageá-lo devido à sua grandiosa contribuição para o Direito do Trabalho.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *